Ameaças para Celular

Ameaças para Celular

Segundo cálculo realizado pela Telegeography existe cerca de 7,1 bilhões de celulares ativos, com esta quantidade de mobile, os hackers estão investindo em ataques contra estas plataformas. Nos smartphones possuem muitas informações pessoais que podem ser atrativas para pessoas mal-intencionadas como: imagens, números de contatos importantes, documentos, informações bancarias entre outros. Sabendo do crescimento de ameaças é muito importante as pessoas se informarem referente ao meio de proteção e prevenção dessas ameaças. Estamos publicando este artigo para ajudar as pessoas um pouco sobre o caso.

Meu celular pode ser infectado por vírus?

Podemos dizer que qualquer dispositivo que tenha uma conexão com a internet ou uma rede pode ser infectado como por exemplo: televisores, celulares, eletrodomésticos entre outros podem estar sujeitos por algum tipo de ameaça. Todas as plataformas de sistemas operacionais Android, IOS, Blackberry, Windows são alvos dos ataques cibernéticos basta o usuário cometer algum deslize.

Você sabe como prevenir um vírus?

Para você se proteger é necessário saber como você pode se infectar.

Sabemos que sempre é criado um aplicativo para facilitar nossas vidas, mas nem sempre estes aplicativos têm somente esta finalidade. Vamos pegar como exemplo, plataformas abertas assim como o Android, qualquer pessoa pode criar aplicativos e jogos e disponibilizarem na Play Store e até mesmo na internet gerando “pacotes” *.APK. Na Play Store existe um processo de homologação onde os aplicativos e jogos são avaliados para saber se realmente são seguros, porém não podemos afirmar que todos são realmente confiáveis. Nos casos de “pacotes” *.APK, estes não são homologados por alguma empresa ou algo do gênero eles são de programadores independentes onde falsifica o aplicativo ou jogo ou até mesmo é criado para más intenções.

E nas outras plataformas ocorrem os mesmos problemas, porem os processos de homologação são um pouco mais rigorosos.

Para a prevenção das ameaças é necessário saber o que você está instalando no seu celular, antes de instalar o aplicativo no celular pesquise as fontes do aplicativo para saber se realmente o que você está instalando é confiável ou não, sempre se atentar nos comentários postados na página em cada aplicativo onde as pessoas irão postar as experiências com o mesmo, na hora da instalação verificar as mensagens de alertas que o celular apresenta, pois o aplicativo pode estar solicitando acesso onde não deveria acessar, por exemplo você instala um programa para edição de fotos e ele pede acesso a sua lista de contatos, meio estranho vocês não acham?

O vírus pode estragar meu celular?

A prioridade do vírus nunca é afetar o hardware (parte física) do seu celular, porem podem degradar o sistema operacional inutilizando seu celular deixando o mesmo como peso para papel. Mas este caso raramente acontece, pois o foco do ofensor não é inutilizar o seu aparelho e sim escravizar ele ou até mesmo roubar suas informações.

Quais são as regras básicas de proteção?

As regras básicas de proteção são tomadas pelo próprio usuário, pois ferramentas de segurança não consegue ter uma boa eficiência na proteção.

Seguem melhores práticas para você não ser infectado por vírus:

  • Não realizar download em sites que não seja do fabricante do Aplicativo ou do fabricante do sistema operacional;
  • Não entrar em sites não confiáveis;
  • Não realizar download de sites não confiáveis;
  • Não abrir links de aplicativos de mensagem instantânea em caso que você não conhece a pessoa que enviou ou a origem do site;
  • Não clicar em anúncios que parem milagres;
  • Receber e-mails que contém informações suspeitas e abrir no celular;

No mundo corporativo como proteger celular pessoal sendo usado para armazenar informações corporativas?

Em um mundo corporativo é sempre mais preocupante, pois as pessoas utilizam o celular corporativo para assuntos pessoais como acessar redes sociais, aplicativos de troca de mensagens instantâneas, acessar e-mail particulares, entre outros. Mas para a empresa é bom utilizar uma ferramenta de segurança para gerenciar os celulares e em caso de perda bloquear o aparelho e redefinir todas as informações para o padrão de fábrica (formatar o celular). E existe outro risco muito grande, mas poucas pessoas não se preocupam com o acesso Wi-Fi livre, pois esta conexão é aberta onde qualquer pessoa pode ter o acesso “QUALQUER PESSOA”, isso significa que uma pessoa que tenha conhecimento em roubar informações através da rede conseguiria interceptar aquele e-mail com todas as estratégias da empresa gerando um problema gravíssimo para o negócio.

As melhores práticas para você não ter problemas em perdas de dados ou informações vazadas é bom se atentar nas seguintes dicas:

Esta dica é a mais importante: Sempre colocar senha no celular, de preferência letras e números.

  • Não perder o celular;
  • Não instalar aplicativos de fontes desconhecidas (que não estão presentes na loja – principalmente no universo Android);
  • Antes de instalar um aplicativo, veja as avaliações dos usuários que já instalaram. Isto é importante para verificar antecipadamente se o aplicativo é confiável ou não;
  • Não conectar em Wi-Fi livres;
  • Utilizar a navegação do 3G ou 4G;
  • Sempre atualizar os softwares ou aplicativos que estejam solicitando atualização;
  • Não abrir informações importantes em um ambiente público, pois uma pessoa próxima pode ler e usar isso de uma forma mal-intencionada;
  • Instalar um software de segurança corporativo para inventariar os aparelhos e providenciar a segurança dos dados nem que seja da forma mais básica.

Seguem alguns antivírus para serem utilizados no ambiente corporativos.
Norton – Symantec, Avast, AVG, PANDA e McAfee

Autor: Andre da Silva Souza – Operação e Suporte Digisystem

Compartilhe esta publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


FALE CONOSCO