Infraestrutura hospitalar: chave para o sucesso da adequação à LGPD

Infraestrutura hospitalar: chave para o sucesso da adequação à LGPD

A discussão sobre a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD tem gerado dúvidas e aumentado a preocupação do mercado em diferentes segmentos. No entanto, quando falamos em hospitais, laboratórios, clínicas de saúde e operadoras de saúde, o cuidado com o armazenamento de dados deve ser muito maior e a proteção precisa ser feita da maneira mais segura possível.

A adequação das instituições de saúde às novas regras LGPD é imperativa e o grande objetivo é conseguir otimizar suas infraestruturas tecnológicas e zelar para que seus processos e culturas internas estejam de fato garantindo a segurança dos dados.

Infraestrutura hospitalar e a LGPD

Uma forma eficiente para aprimorar a infraestrutura tecnológica de uma instituição de saúde e atender aos novos requisitos da LGPD é apoiar-se no modelo desenvolvido pelo HIMSS Analytics – organização que lidera os esforços globais para otimizar a área da saúde e a assistência médica por meio da tecnologia. Os modelos de maturidade do HIMSS Analytics tornaram-se o padrão mundial para medir a dedicação das organizações.

O modelo de adoção de infraestrutura do HIMSS Analytics (INFRAM), composto por oito estágios evolutivos, do 0 a 7, permite aos hospitais acompanharem seu progresso em direção ao nível máximo de aprimoramento de infraestrutura. A INFRAM avalia e mapeia os recursos de infraestrutura de tecnologia necessários para atender aos padrões e referências internacionais. Ao utilizar a INFRAM, as organizações provedoras de assistência médica podem ajudar a melhorar o atendimento, reduzir o risco cibernético e criar um caminho para o desenvolvimento de infraestrutura segura vinculado aos resultados comerciais e clínicos.

Ao optar por esse modelo, contar com o apoio e know how de uma consultoria especializada, que tenha uma visão 360º, pode fazer toda a diferença. A Digisystem é a única empresa 100% nacional, habilitada a prestar consultoria para que as instituições de saúde do Brasil e da América Latina obtenham o selo HIMSS Analytics. “Esse selo é um reconhecimento à gestão do hospital e, consequentemente, ao seu gestor (ou ao corpo de gestão). E esse é um selo tão criterioso e rigoroso que, hoje, apenas 7 hospitais em toda a América Latina possuem o selo”, comenta Mendel Sanger, Diretor Executivo Digisystem Segmento Saúde.

É importante ressaltar que esse é um tipo de trabalho que precisa ser conduzido a “quatro mãos”. Só assim é possível realizar um bom planejamento e, com isso, tomar as melhores decisões.

Saiba como a Digisystem pode te ajudar aqui.






Compartilhe esta publicação