fbpx

Assinatura Digital

Garanta segurança e economia com uma tecnologia totalmente aderente à legislação*

Se sua instituição de saúde já conta com o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), ferramenta que agiliza procedimentos, garante eficiência e dá mais segurança para os atendimentos, saiba que já é possível eliminar uma série de documentos que “transitam” no papel, como atestados e laudos.

Com a Assinatura Digital associada ao PEP, sua instituição de saúde vai gerar eficiência e excelência no atendimento ao paciente, reduzindo os custos com impressão de papéis.

É comprovado! Com 70% da base de usuários utilizando a Assinatura Digital é possível economizar em 60% os custos com a impressão. E com 90% da base de usuários a economia pode chegar a 80% em um ano.

Como podemos transformar sua empresa

É claro que existe um modelo de Assinatura Digital de acordo com as necessidades da sua instituição:

Remoto ou centralizado – A1

  • Certificado em software local
  • Única senha
  • Sem dispositivo
  • Dispensa a instalação de drive nos computadores
  • Não utiliza mídias individuais, smartcards ou tokens
  • Maior simplicidade no processo de assinatura
  • Redução de custos com aquisição de itens de infraestrutura local, HSM e/ou hospedagem
  • Permite o backup dos certificados digitais localmente e/ou em outra mídia criptográfica
  • Validade de 01 a 02 anos

Nuvem

  • Certificado na nuvem
  • Dispensa a instalação de drive nos computadores
  • Não utiliza mídias individuais, smartcards ou tokens
  • Mais segurança, com duplo fator de autenticação: Login no sistema e Autenticação no smartphone
  • Redução de custos com aquisição de itens de infraestrutura local e HSM (opção Ambiente Cloud Soluti)

Cartão e/ou Token – A3

  • Certificado no dispositivo
  • Permite a mobilidade dos certificados digitais pelos usuários, devido ao porte das mídias
  • Único fator de autenticação
  • Compatível com o CRM Digital dos médicos
*MP 2.200-2/01 (Infraestrutura legal para certificação digital no Brasil); Resolução CFM 1821/07 (Cumprimento dos requisitos do Manual de Certificação SBIS/CFM nível 2 (NGS2) para sistemas de prontuário eletrônico); e Lei 13.787/18 (Permite a digitalização e utilização de sistemas informatizados para a guarda, armazenamento e o manuseio de prontuários de pacientes).